• Photobucket

Home / Artes / Concentricum

Concentricum

  BPI_4153

Até ao próximo dia 28 de Fevereiro, está patente na Mercearia de Arte Alves & Silvestre a exposição Concentricum de Add Fuel, o nome artístico de Diogo Machado. A Preguiça passou por lá e traz-vos aqui uma amostra do que podem ver.

Com curadoria de Lara Seixo Rodrigues, Concentricum consiste em simultâneo num apanhado do trabalho de Add Fuel, a sua exposição a solo, e numa revisitação indoor do mural recentemente por si criado em Coimbra, na rua Fernão de Magalhães, cujo título é Tem Sempre Encanto.

Considerado um dos artistas da nova geração de criadores de arte urbana, Diogo Machado faz uso da cerâmica como suporte do seu trabalho e recorre à utilização dos inúmeros padrões tradicionais dos azulejos portugueses. Contudo, o que à primeira vista parece um padrão normal torna-se afinal algo mais do que isso quando os nossos olhos se aproximam da obra.

BPI_4161

Universos imaginários são revelados, através de diversas criaturas fantásticas transpostas pelo artista e vindas directamente do seu próprio imaginário. Segundo Diogo já referiu, estas criaturas vêm da sua vivência quando era mais novo. Experiências como o graffiti, o skate, a banda desenhada ou os videojogos, criaram esta linguagem muito específica e que agora se espelha nas suas obras de arte.

O gosto por reinventar a azulejaria portuguesa remonta a 2008, a propósito de um convite para o Art Space (festival de artes em Cascais), em que Add Fuel se propôs desenvolver algo que o caracterizasse como português. O interesse pelo azulejo nasceu aí e não mais parou.

BPI_4155

Com uma marca inegavelmente portuguesa e tradicional, esta é uma exposição que lança o desafio da descoberta e interpretação do que não é óbvio, como também permite a entrada num universo que não é o nosso, mas que pode bem passar a ser. As leituras são tantas quantos os observadores.

Até 28 de Fevereiro, não se esqueçam!

Texto de Carina Correia
Fotografia de Bruno Pires

(Publicado a 6 de Fevereiro de 2014)