• Photobucket

Home / Uncategorized / Punk mais Punk não há

Punk mais Punk não há

we-love-77-4

A Preguiça lançou-se no mundo da arte e foi logo a fundo. Nesta que foi a nossa primeira experiência a montar exposições, não tivemos mãos a medir no que toca ao prega-fácil, até porque as paredes não eram nossas.

“We love 77″ é o nome da exposição da autoria de Sardine & Tobleroni, uma dupla que cometeu a feliz loucura de pintar 77 telas dedicadas ao punk e ao rock. Sardine é Victor Torpedo, músico dos Tédio Boys, The Parkinsons, Tiguana Bibles ou Subway Riders. Tobleroni é o suíço Jay Rechsteiner, homem das artes e amigo de infância de Torpedo.

Sardine pinta o lado direito das telas, Tobleroni o esquerdo, com uma técnica de pintura sobre imagens coladas nas telas. A dupla descreve o seu trabalho como “conceptual Art Brut”, aquilo que consideram ser para a arte um equivalente ao que opunk é para a música.

Punk mais punk não há, dizemos nós que não hesitámos em trazer a exposição para Leiria. Colocava-se, no entanto, a questão: onde é que vamos conseguir meter tanto quadro? A solução não demorou a surgir e mais uma vez passou por envolver terceiros. A nossa sorte é que temos uma grande lata e ninguém nos consegue dizer que não.

we-love-77-3

we-love-77-2

Decidimos então bater à porta dos amigos da Preguiça e distribuí-los por lojas e bares do nosso centro histórico. Apesar de não termos conseguido expor a totalidade das telas, estamos contentes com o resultado final. Acreditamos que, em Leiria, não poderíamos ter escolhido melhor galeria do que esta, além de que este formato itinerante não é para preguiçosos.

A exposição já passou por diversas galerias e eventos em Londres, Itália e Portugal. A última apresentação foi em Alcobaça, em Agosto. Por cá vai estar até ao final de Novembro. É de aproveitar.

E porque a pergunta nos foi feita várias vezes enquanto montávamos a exposição: sim, as telas estão à venda. Os interessados deverão contactar directamente Victor Torpedo através do e-mail vsilveira77@hotmail.com.

we-love-77-7

Onde ver as telas?
Cubo (cabeleireiro): Alternative TV / The Only Ones / X Ray Spex /
Cristina Dias (cabeleireiro): Wire
The Club (bar): Slaugther and the Dogs / Sonics / Sham 69 / Stiff Little Fingers / The Raincoats / Crass / Suicide / Black Lips / The Fall / Joy Division
Praça Caffe (bar): Devo / Radio Birdman / The Libertines / Television Personalities / The Descendents / Birthday Party / Wrecless Eric
Aromas Caffée (snack): Modern Lovers
Skulk (loja): The Stranglers / The Lurkers / The Vibrators
Just Tatoos (estúdio de tatuagens): The Misfits / Sex Pistols / Sonic Youth / Television / Black Flag
Tribus Urbanas (loja): Rancid / Edie and the Hotrods / The Weirdos
Garagem (loja): 999 / The Jam / The Boys / The Parkinsons / Stooges / Velvet Underground / Fugazi / Blondie / Pop Group / MC5 / The Nipple Erectors / Generation X
Tucha (loja): Dead Boys / Gang of Four / Nirvana / The Seeds
Abre Latas (bar): John Cooper Clarke / The Electric Chairs / New York Dolls / Minor Threat / Johnny Thunders and the Heartbreakers
Neo Colonial (bar): The Undertones / Liliput Kleenex / Hüsker Dü / Vic Godard & The Contortions (abre dentro de dias no espaço Cão Danado)
Alquimia (loja): Cramps / Patti Smith / Dead Kennedys / Siouxie / Pil / The Clash
Cenas (loja): Ramones / Buzzcocks

Como toda a exposição merece uma inauguração, a nossa não vai ter martinis nem croquetes mas será marcada pelo regresso dos SARNA. A mítica banda leiriense depunk hardcore que partiu (literalmente) muitos palcos nos anos 90 estará, este sábado, no palco do Beat Club, que felizmente é metálico. Cheguem cedo para ver a primeira parte a cargo dos Challenge, das Caldas da Rainha, e para marcar lugar na fila da frente.

Texto de Paula Lagoa
Fotografias de Ricardo Graça

(Publicado a 17 e a 24 de Outubro 2013)