• Photobucket

Home / Cinema / 2 Outonos 3 Invernos

2 Outonos 3 Invernos

2aut2

A Preguiça Magazine foi ao primeiro dia da Festa do Cinema Francês assistir ao filme “2 Automnes 3 Hivers”. Antes de falarmos da obra cinematográfica, queremos informar que a sala estava com poucos lugares vazios e o contentamento estava espelhado nos rostos: finalmente começou!

2 Automnes 3 Hivers” é realizado por Sébastien Betbeder (“Nuage”, 2007; “Les Nuits avec Theodore”, 2012) e trata-se de uma comédia ligeira, repleta de poesia e, ao mesmo tempo, de um grande sentido do real.

Arman (interpretado por Vincent Macaigne), um jovem pintor de 33 anos, sente-se numa via sem saída. Com uma relação duradoura terminada e sem trabalho, a vida parece-lhe escura e existe uma grande dificuldade em deixar entrar a luz. Certo dia, decide mudar o seu rumo e o primeiro passo dado para que isso aconteça foi começar a correr num parque em frente à sua casa. E é aí que conhece Amélie (interpretada por Maud Wyler), uma mulher de 27 anos, que estuda história de arte e quer singrar na vida a escrever livros sobre o tema. A flecha do cupido atinge-os automaticamente e a partir daí os acontecimentos sucedem-se.

Paralelamente à história destas duas personagens, uma outra nos é revelada. A de Benjamin (interpretado por Bastien Bouillon), amigo de longa data de Arman. Após passar pela experiência de um AVC, também ele vê a sua vida ganhar novos contornos.

São estas três personagens que nos contam a sua história. Falam directamente para a câmara sobre o que estão a sentir e a pensar. Quem vê, segue de muito perto e de forma muito íntima os seus encontros e desencontros, as suas esperanças e medos, os seus delírios e desejos. A relação que se estabelece com eles é quase de cumplicidade e por vezes até de alguma identificação.

Como todas as boas comédias, e as francesas em particular, o drama ganha tons de humor e são várias as gargalhadas, ou simples sorrisos, que soltamos. De forma leve e bem-disposta, são abordados assuntos sérios como os desafios das relações afectivas e familiares, bem como o poder da amizade e a sua importância em fases menos auspiciosas.

Sendo considerado um dos cineastas franceses mais singulares, Sébastien Betbeder cria com este filme uma forma sincera e emocionante de pensar sobre alguns pormenores dos dias de hoje.

Apesar não ser um filme daqueles que ficam na nossa lista dos melhores filmes, é uma obra capaz de nos dar pequenas alfinetadas e mesmo assim, sairmos da sala de cinema ilesos. Mais do que isso, sairmos animados.

Título: 2 Automnes 3 Hivers
Realizador: Sébastien Betbeder
Actores: Vincent Macaigne, Maud Wyler, Bastien Bouillon
Ano: 2013

Texto de Carina Correia

(Publicado a 24 de Outubro de 2013)