• Photobucket

Home / Música / King Krule

King Krule

kingkrule_CAPA DISCONascido a 24 de Agosto de 1994, oriundo do sul de Londres, King Krule (também conhecido por Archy Marshall/Zoo Kid/Edgar The Beatmaker ou DJ JD Sports) vai finalmente editar o seu primeiro longa duração intitulado “Six Feet Beneath The Moon”.

Em 2010, e ainda sob o nome de Zoo Kid, é editado “Out Getting Ribs/Has This Hit”, um single 7’’ que valeu a atenção do Mundo sobre Archy Marshall (na altura com apenas 15 anos).

Em 2011, e já com o nome de King Krule, edita um EP homónimo com 5 canções que o próprio intitula de blue wave (género musical criado pelo próprio em 2008), acrescentando o universo de amante de graffiti e a música de Fela Kuti, Gang Starr, Erykah Badu, Robert Glasper ou mesmo Chet Baker. São 5 canções que estão ligadas à blue wave mas também ao Jazz, à dark wave, ao post-punk, ao dubstep e claro ao hip-hop. Segundo o próprio, a mudança de nome deveu-se ao facto de Marshall não querer continuar a ser chamado de “Kid” miúdo. O filme de 1958 “King Creole” (com Elvis Presley) e a banda Kid Creole serviram de inspiração para este crescimento do personagem.

2012 trouxe um single 12’’ de nome “Rock Bottom/Octopus”. É um King Krule a preparar-se para o grande lançamento de “Six Feet Beneath The Moon”. Ambas as músicas tiveram direito a vídeo e a um lançamento enquanto singles independentes.

24 de Agosto de 2013, dia de anos de King Krule e não só, verá nascer para o Mundo “Six Feet Beneath The Moon”.  Um disco que vai recuperar muitas das canções de Marshall enquanto Zoo Kid: “Out Getting Ribs”, “Has This Hit”, “Baby Blue”, “Ocean Bed” e “A Lizard State” foram músicas que o próprio editou digitalmente em 2010 no EP “U.F.O.W.A.V.E”: http://zookid.bandcamp.com/

Resta saber se nos serão apresentadas as músicas na sua gravação original ou se King Krule procurou uma outra abordagem.

Six Feet Beneath The Moon” é um disco sem nenhum convidado, apenas Archy Marshall e as suas relações com pessoas e uma tentativa de se encontrar a ele próprio. “Easy Easy”, single de apresentação, comprova-o.

A completar 19 anos, a voz de King Krule é de uma maturidade inacreditável, e a sua composição está num nível que muito facilmente poderá marcar a história da música britânica. É esperar por dia 24 de Agosto.

Texto de Bruno Simões

(Publicado a 15 de Agosto de 2013)

1 comment

  • Bruno, tás a gozar??? é um puto, ok, mérito, mas dai a “uma maturidade inacreditável, e a sua composição está num nível que muito facilmente poderá marcar a história da música britânica.” vão uns anos luz

Leave a Reply