• Photobucket

Home / Artes / DESENHA A TUA FAMÍLIA

DESENHA A TUA FAMÍLIA

draw
Mariana Rebocho é designer de comunicação, tem 31 anos e um imenso jeito para ilustrar.  Criou o Draw My Family em Janeiro e o sucesso foi imediato. Este é um projecto em que se ilustram famílias, enquadradas numa moldura, não esquecendo no entanto os cães e os gatos, ou outros animais de estimação.

O que alicia Mariana, para além da própria ilustração, é o gostar de ver a reacção das pessoas, de perceber os pormenores, de “tirar a pinta ao pessoal”, diz com ar de quem tira mesmo. Confessa-se apaixonada desde sempre pelo desenho: “já desenhava há muito tempo, mesmo nas aulas ”, admitindo até a hipótese de ser algo genético, visto que o pai também desenhava e pintava.

A ideia surgiu quando desenhou a sua própria família para o dia da família na escola da sua filha. A partir daí, não parou mais. Começou por desenhar outros membros da sua família e criou então a página draw my family no facebook para divulgar o que ia fazendo. Este é aliás o único, e para já suficiente, meio de divulgação.

Tendo como instrumentos de trabalho fotografias originais, um computador e um rato, Mariana consegue transformar a realidade em desenho, fazendo as delícias de quem a procura. E os preços não sobem a valores que nos façam descartar a ideia. Desenhar uma família com quatro pessoas custa 40€. Mas atenção! Podem existir promoções especiais para famílias muito numerosas.

BPI_5742

A fronteira já foi transposta, tendo desenhado famílias dos EUA, Canadá e Alemanha. Quanto ao futuro, mostra-se optimista e com ideias novas. Uma delas será desenvolver algo direccionado para as crianças: “género de um pacote para festas de aniversário, onde além de se desenhar a criança, incluem-se outros produtos, como o convite, t-shirts, brindes de oferta, tudo com o desenho da criança”.

Aqui está uma excelente ideia para oferecer algo original a alguém da nossa (ou outra) família. Basta ir à página do facebook e fazer a encomenda.

Força Mariana! O mundo precisa de mais cor.

Texto de Carina Correia
Fotografia de Bruno Pires